• Rafael dos Santos

Qual a diferença entre a alimentação natural e caseira para pets?


A alimentação natural é uma prática que vem ganhando cada vez mais adeptos pelo mundo afora. Além de ser mais atraente para o seu animal de estimação, a alimentação natural atende todas as necessidades nutricionais do seu pet. Mas atenção: alimentação natural não é igual a alimentação caseira. Saiba a diferença:

O que é alimentação natural para pets?

A alimentação natural é uma dieta formulada por um veterinário ou zootecnista, balanceada e composta por ingredientes minimamente processados, contendo níveis adequados de nutrientes para o pet se manter saudável. Ela pode ser eficaz tanto para gatos, quanto para cachorros.

A alimentação natural pode ser feita com carnes, vísceras, ovo, legumes e ingredientes minimamente processados, sejam eles cozidos ou crus – tudo dependerá da dieta que for prescrita para o seu pet.

Qual a diferença entre alimentação natural e alimentação caseira?

Enquanto a alimentação caseira está relacionada a oferecer sobras e alimentos de “humanos” para os pets, a alimentação natural tem a ver com o preparo de alimentos exclusivos para o seu bichinho.

A alimentação caseira não possui balanceamento correto de alimentos e nutrientes, além de existir a possibilidade de que ela contenha ingredientes, temperos e gorduras que não farão bem ao seu amigo. Ela poderá até saciar o seu pet, mas não estará nutrindo-o de acordo com o que o organismo do bichinho precisa.

Qual a importância da alimentação natural para pets?

Além de ser mais atrativa para os pets, pois é mais palatável, a alimentação natural permite que você saiba a procedência de cada ingrediente, melhora a digestão do seu amigo e, com isso, faz com que ele absorva melhor os nutrientes da comida, além de proporcionar uma experiência gastronômica mais rica, com novos sabores.

E a suplementação?

Apesar de todos os benefícios da alimentação natural, ela não é a garantia de que o seu pet receberá todos os nutrientes necessários para a saúde. Seja com ração ou com alimentação natural, é muito importante realizar o acompanhamento com um médico veterinário de confiança, para saber se existe a necessidade de suplementação.

Portanto, é de extrema importância entender as necessidades do pet, o estilo de vida, idade, sexo e raça para escolher a melhor dieta e suplementar corretamente, evitando que as deficiências de nutrientes causem problemas a longo prazo, tanto para cães quanto para gatos.


Fonte -https://www.organnact.com.br/blog/mundo-pet/alimentacao-pet-qual-e-a-diferenca-entre-a-dieta-natural-e-a-alimentacao-caseira/

0 visualização0 comentário